Caseum Tratamento

Informações Sobre Cáseos

O Que Causa Caseum?

Se você tem mau hálito (halitose) e um impulso incontrolável de limpar a garganta, pode ser que você tenha caseum (aquelas bolinhas brancas na garganta). O caseum nem sempre é um sinal de má higiene ou falta de saúde oral.

Cáseos são bolinhas brancas ou amarelas que se formam dentro de buracos/fendas (criptas) no interior das amígdalas, localizada na traseira da boca, diretamente atrás dos molares inferiores ou dentes do siso.

Ocasionalmente, estes depósitos de bactérias calcificadas se acumulam no telhado da boca e na parte traseira da garganta, embora sejam encontradas mais tipicamente nas amígdalas. Mas o que muitas pessoas se perguntam é o que causa caseum, qual o motivo dessas bolinhas brancas aparecem em nossas amígdalas?

Bactérias São a Causa Principal

Quando você consome algum alimento a comida se move além das amígdalas e goela abaixo. Comumente, um pouco de resíduo de comida gruda nas paredes da garganta, embora na maioria das vezes seja apenas temporariamente. Na maioria das vezes esses pedaços de alimento deixam de cumprir sua função de abastecer o corpo, e acabam servindo de combustível para bactérias.

Amígdalas têm fendas que podem interceptar pequenos pedaços de comida, dando assim abrigo a esse alimento e, sendo assim, tempo suficiente para que essas bactérias cresçam. Bactérias orais digerem, escavam e até vivem em cima das partículas de comida. Esta camada de microrganismos, chamada de bioorganismos, é a responsável pelo cheiro fétido do mau hálito. As fendas se expandem e capturam mais partículas de alimentos, o que gera mais bactérias, e assim por diante.

As bolinhas brancas na garganta não aparecem de repente, mas crescem gradualmente nas fendas, de forma similar as pérolas que se formam dentro das ostras. Porque os cáseos se desenvolvem dentro dessas criptas, muitas vezes eles não são descobertos até que um paciente faça um raios-x dental ou acabe as expelindo de forma natural.

Alguns especialistas acreditam que, em casos específicos, a localização dos cáseos desempenha um papel importante na formação de áreas no interior da boca e garganta. Por exemplo, quando eles estão localizados em torno das amígdalas (área peritonsilar) isso leva ao crescimento do tecido em áreas anormais.

Como resultado de se manterem imperturbáveis dentro destas fendas quase microscópicas, os detritos se endurecem e calcificam em minúsculas bloinhas brancas ou amarelas. O caseum contêm magnésio e sais de cálcio tais como oxalatos, radicais de amónio e hidroxiapatita. As bolinhas geralmente não são maiores do que dois milímetros em espessura e frequentemente causam uma dificuldade de respiração como sintoma preliminar. Quando as pessoas perguntam o que causa caseum, muitas não imaginam que um dos principais culpados seria esse desvio dos alimentos, bem, agora você já sabe.

Função das Amígdalas

Em épocas pré-históricas, as amígdalas realizavam funções imunológicas vitais, filtrando vírus nocivos e bactérias antes que alcançassem os pulmões. A evolução deixou as amígdalas modernas que agora são acostumadas com uma quantidade 20 vezes maior de germes e bactérias muito mais diversificada do que aquelas que existiam em nossos ancestrais pré-históricos.

Como resultado, muitos indivíduos que ainda possuem amígdalas experimentam frequentemente as amígdalas inflamadas ou amigdalite e a incapacidade das mesmas em lidar com uma infinidade de bactérias e vírus que infectam o ar. Piorando a situação quando as amígdalas estão inchadas, as adenóides também costumam ficar inchadas. Por isso que atualmente muitos médicos chegam a recomendar a extração das amígdalas, sendo que as mesmas costumam causar mais danos do que benefícios.

Sintomas da Amigdalite

  • Amígdalas avermelhadas e inflamadas ou revestidas com uma película amarelada
  • Garganta dolorida e inflamada
  • Nódulos linfáticos bastante inchados
  • Febre e dor de ouvido
  • Halitose (Mau hálito)

Qual o Motivo do Mau Hálito?

Cáseos causam mau hálito porque as bactérias anaeróbicas florescem em condições de baixo oxigênio, como o ambiente encontrado em torno de fendas da amígdala. Bactérias anaeróbicas continuamente excretam quantidades poderosas de substâncias com um péssimo odor, similar a ovos podres. Pessoas que sofrem com bolinhas brancas na garganta são especialmente conscientes deste odor quando o caseum se desintegra, é deslocado, ou inadvertidamente mastigado.

Pessoas com a boca seca acabam piorando a situação, a falta da quantidade adequada de saliva; contendo oxigênio e propriedades antibacterianas, fazem as bactérias crescerem de forma desregulada. A ausência de saliva suficiente combinado com alimentos e restos de muco contribuem diretamente para formação do caseum e do mau hálito.

Compreender a causa das bolinhas brancas na garganta ajuda a destacar a importância de manter uma boa higiene oral. Isso significa escovar os dentes duas vezes ao dia e manter a boca tão hidratada o possível para reduzir a presença de bactérias anaeróbicas de forma excessiva. Cáseos tendem a se repetir, por isso é útil retirar o álcool e outros condimentos que criam um ambiente perfeito para proliferação das bactérias anaeróbicas.

Espero que este artigo o tenha ajudado a entender o que causa caseum e a razão pela qual alguns sintomas como o mau hálito ocorrem com as pessoas que sofrem com cáseos. Confira nossos outros artigos sobre este tema, assim como nossas dicas de tratamento.

Categories: Caseum